Mitos de Medicação - Episódio 3|5

By 0
18
Mitos de Medicação - Episódio 3|5

Olá, pessoal !

Sejam muito bem-vindos a minha série “Mitos de medicação”!

Você já deve ter lido nosso último episódio, certo?

Se não, aqui vai o link:
https://www.drpaulopereira.com.br/2019/07/01/mitos-de-medicacao-episodio-25/

Então vamos lá, agora com o mito número três …

Toda crise é efeito do remédio?

Devido ao profundo desconhecimento que a população geral tem em relação a doenças mentais e seu tratamento, uma profusão muito grande de mitos toma lugar, sendo que um dos principais é em relação a efeitos colaterais dos psicotrópricos.

Quando se começa o uso de uma medicação desse tipo, a primeira idéia (errônea) que comumente vem à cabeça do paciente é a seguinte: a partir do day one de uso, tudo o que aparecer de sintoma em seguida, ou qualquer crise que aparecer do day 2 para a frente “deve ser por causa desse remédio”.

Porém, na maioria das vezes não é esse o caso.

O que acontece é que aquelas crises que o paciente vem sentindo, muitas vezes há meses ou anos, não irão sumir do dia para a noite. Elas ainda aparecerão, só que agora tendem a vir cada vez com uma menor frequência e com menos intensidade.

Só que exatamente por isso é preciso ser paciente e aguardar esse efeito ser corretamente iniciado.

É aí que muitos se confundem e acreditam que uma crise no segundo ou terceiro dia do tratamento ocorreu por causa da medicação que começou a tomar (e que muitas vezes nem começou a fazer efeito ainda!), quando na verdade a crise ainda se faz presente trata-se de um conjunto dos sintomas que ainda está para ter melhora.

Assim, antes de saltarmos para conclusões apressadas, avalie com seu médico quais são as reais causas desses sintomas momentaneamente ainda presentes, ok?

Até porque muitas vezes o paciente poderá estar na verdade sofrendo algum efeito de hipoglicemia.

E como isso que acontece?

Isso eu vou te mostrar no próximo episódio desta nossa série – aguarde 🙂